Regozijo

Possibilidades são muitas.

A peregrinação da fé, é absoluta partindo dos pormenores do reverso da agonia.

Volta e meia se olha para um determinada fração de vida, e se perdoa por completo aquele que sempre fora algoz.

O perdão está dado, foi dado, foi esquecido.

A culpa que carregue os de lá, que mesmo na boca do túnel, não dá o braço a torcer, tamanha irresponsabilidade da sua vida.

O pecador insinuante, abre as destrezas do seu destino, e se comporta como um feroz e alucinado déspota.

A rainha dos condenados, já se foi de rogada, pois a satisfez com regozijos de lamentação entusiasta.

O disforme é a forma do mosaico.

O disforme é a arte do abstrato.

Vamos celebrar a morte, pois a vida já se foi.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s