Observer

Por um instante a mais de raciocínio sobre os elevados meios em que eu fico contemplando a imensidão de possibilidades na vida.

Vida para ser espiada, porque não.

Os passos que cada um damos, são milimetricamente observados por uma infindável e malévola atmosfera observatória.

Sou e serei sempre observado pelos meus olhos esquizofrênicos.

Várias vidas foram dadas para várias pessoas.

E delas fizeram o que bem entenderam.

A minha é supostamente a vivida com o pensamento nas benção sagradas da alegria.

Passei por muitos momentos cruciais, obtive o respaldo de uma certa morosidade para ficar calado diante de tanta coisa errada.

Não vejo com bons olhos a situação de meu convívio.

Não observo com bons olhos os que me servem pois deveriam servir com mais elegância.

Sou e serei sempre o fiel opositor das situações incorretas que pairam sobre mim.

Sei que estou na contramão da socialização, e não saberia mais como me comportar, caso não estivesse com tantos compromissos com a verdade.

Aqui, deixo o meu testemunho horripilante sobre a mutável condição de um Big Brother, onde somos todos vigiados para a eternidade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s