Todos somos sapiens…

Paz para os mundos indigestos. É necessário amor para todos os povos.

Os que necessitam…os necessitados por um prato de comida, uma dignidade necessária para poder ter harmonia entre os homens.

Eu necessito de justiça.

Justiça social para todos, independente de cor, raça, religião, gênero, profissão. Justiça social para os homens, afinal, todos somos sapiens.

O amor que emana a sabedoria, o amor para com o semelhante, um mundo igualmente sincero e emotivo. Todos choramos pelas nações em abandono.

Aos povos do continente esquecido…tenhamos calma, muita razão neste exato momento.

Vamos dividir em cotas o que possuímos?

Vamos compartilhar?

Compartilhar amor entre as nações, independente de ideologias políticas. O mundo alterado, estado alterado, alteração de sentimentos, negação ao ódio.

Está claro para mim que os povos deveriam ser fantasmagoricamente o oposto da desordem.

Ordenar a fé, a pluralidade nas opções, a sagacidade nas opiniões, a verdade nas adjetivações.

E que o sol nasça para todos, numa unificação de sentimentos verdadeiros. Quero demais alimentar a esperança, de que tudo vai melhorar, e com o tempo, justiça social para todos!

É apenas isso que precisamos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s