Solitário

Vou caminhando…solitário…a minha mente combalida me espera em outra paragem, aquela que me levaria ao descontentamento do puro simbolismo.

Queria demais obter o perdão do mundo, pois como disse, já perdoei a humanidade, há muito tempo.

Espero agora que ela me peça perdão!!!

E caminho solitário, esperando uma perda de juízo por parte dos meus escrúpulos.

Preciso renascer para o mundo, preciso sentir pena do próximo, já senti pena de mim mesmo, fato.

E com o perdão da humanidade, vou voar para outros ares, os mais sofisticados possíveis.

Preciso de novos ares…

E como.

Para sempre serei eu mesmo, perdido em funestos pensamentos, daqueles que não me permitem respirar sem dor.

A dor do próximo me atinge fulminantemente, agora aguardo apenas a hora de me aquietar.

Uma vez mais, para sempre!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s