Jogar com possibilidades

Para muitos, tudo o que se escreve em um blog, é a mais pura realidade. Ontem eu escrevi um post depressivo, estava eu aqui com saudades de uma pessoa muito especial, acordei super cedo, e resolvi escrever algo partindo do princípio do meu estado de então.
Estava deitado na cama, com o ar condicionado ligado, vendo o sol pela janela, e lembrei-me dos meus tempos de trevas. Escrevi inspirado naqueles tempos, algo que poderia definir como poético, mas que não condizia com o meu momento.
Não imaginava a quantidade de pessoas achando que eu estava melancólico e deprimido. Foram várias visitações, comentários e telefonemas. Mas eu estava usando da minha licença poética, de sentimentos verdadeiros, mas sentimentos que busquei no passado.
Sim, fui muito incompreendido pelos leitores, acho até que não sabia, não calculava o quanto estava agitando com os pensamentos das pessoas que me liam. Mas acho que apavorei de fato os que me leram, é preciso que se entenda que existem momentos como aquele na vida do ser-humano, e quis expressá-lo na mais alta clareza.
Pessoas deprimidas e depressivas estão aí, no último estágio da dor do corpo humano, uma dor diferente, a dor mental. Acredito que pude por para os leitores, essa realidade não agradável de se viver em depressão. Minha habilidade é essa, sangrar sensibilidade para mostrar o máximo de situações que se passa conosco, humanos e pobres mortais.
As abstrações estão aí, meu blog é uma forma de mostrar o conhecimento pleno do que se passa na mente humana, pelo menos na minha mente. Queria deixar claro aqui que vivo momentos de produtividade intensa, criando e escrevendo feito maluco. Correndo atrás do pão de cada dia, como todos nós, na correria propriamente dita!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s