Sobriedade mórbida

Foto por Pietro Jeng em Pexels.com

Andei um pouco afastado deste canal virtual.

Estava entretido com outras situações, mas não iria esquecer de digitar algumas linhas.

Andei meio letárgico, é bem certo, não me encontro neste local, neste momento, e para quem quiser me encontrar, me procure na terra, debaixo dela.

Vim da terra, e continuo na Terra.

Não adianta pular do outro lado do mundo, pensando que estará no paraíso, pois o momento é o agora.

Você não raciocina, não reparou que o muro foi feito do lado de cá.

Para sempre, agora, sempre estará comigo, a comunhão dos dejetos insignificantes para esta paragem aqui neste local.

Dentro dos olhos a menina veio com semblante de amnésia, portanto tento recuperar a minha memória.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s