Na sala da psiquiatra

Costumo dizer que tenho que ir periodicamente na minha psiquiatra, para ela ver como eu estou, para pegar receitas.

Aqui na AMPARE tem esta emblemática máquina de café, na verdade eu nunca coloquei uma moeda sequer para pegar café.

Mas vislumbro a máquina, fico hipnotizado com sua pujança.

Aqui na AMPARE eu tenho que pagar uma mensalidade de 20 reais por mês. Faziam sete meses que não aparecia.

Tive que quitar as minhas mensalidades de uma só vez. Depois pagar os 120 reais da Doutora.

Ela é excelente. Tem o seu consultório particular. Mas atende por colaboração à saúde mental, muitos pacientes que necessitam dos seus cuidados.

Estou muito satisfeito com ela.

Acerta de mão cheia as medicações que tenho de tomar.

Hoje estou particularmente necessitando de um laudo médico.

Aproveito, pego minhas receitas de três meses, e vou à luta.

Isso terei que fazer para o resto da minha vida.

Que bom que existem profissionais dedicados. Fazendo jus ao juramento de Hipócrates.

Vamos lá, acertar na vida com uma psiquiatra de mão cheia é privilégio.

Hoje, me sinto um privilegiado.

Vamos à luta.

Alea Jacta Est!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s